Menina de 6 anos se trata de doença rara com maconha

chalote

Não é notícia sensacionalista. Após de vários tentativas e tratamentos, os pais desta linda garotinha de seis anos, chamada Charlotte Figi, apelaram para uma medida bem inusitada.  Para tratar de um tipo raro de epilepsia (Síndrome de Dravet) a família, moradora do Colorado (EUA), passou a tratar a menina americana com óleo de maconha medicinal.

A terapia está sendo bem sucedida.  ”Charlotte está comendo e bebendo sozinha pela primeira vez em anos. Ela está dormindo bem toda a noite. O seu comportamento de automutilação, choro, movimentos repetitivos, violência, fuga do contato olho no olho, insônia, falta de contato social é coisa do passado. Ela tem a mente tranquila, está focada, não tem mais déficit de atenção. Charlotte monta em cavalos, patina, pinta, dança, faz caminhadas. Pela primeira vez ela fez amigos. Seu cérebro está sendo curado. Ela está saudável. Ela está feliz”,  a mãe da menina, Paige, Fiji,  em um blog para auxiliar pessoas que passam pelo mesmo drama.

Segundo Paige Fiji, com oito meses de tratamento com maconha medicinal, os desmaios semanais de Charlotte foram reduzidos de 300 para três. É importante frisar que o programa alternativo foi aprovado por neurologistas e pediatras. Não dá para qualquer um sair usando por aí. Precisa de recomendação médica. Entenderam?

Comentários ofensivos, abusivos ou com spam, fará com que você seja banido de comentar!