As 7 frutas que combatem a prisão de ventre

frutas

Dados da Federação Brasileira de Gastroenterologia (FBG) apontam que 20% da população ocidental apresenta prisão de ventre. O mal é ataca principalmente nas mulheres. Estima-se que duas em cada três mulheres têm problemas intestinais, que prejudicam o organismo e até a parte emocional.

Para quem não sabe, existem pelo menos 7 frutas que podem funcionar como aliadas na dieta de quem sofre com esse mal:

Ameixa

Tem alta quantidade de fibras e estudos  apontam que a ameixa preta e o suco de ameixa são potentes estimuladores da motilidade intestinal, pois contêm o ácido diidroxifenil isatina. A fruta tem também  sorbitol, substância com efeito de absorver mais água do organismo e acelera o trânsito intestinal. A quantidade recomendada é de duas ameixas frescas ou quatro ameixas secas ao dia.

 

Mamão

Tem uma substância chamada papaína, uma enzima proteolítica, ou seja, que auxilia na digestão de proteínas e diminuindo o tempo de exposição do bolo fecal. Isso ocorre porque há uma melhora na absorção dos nutrientes, logo não há porque eles ficarem por tanto tempo no intestino.  Sugere-se comer de meia a uma unidade da fruta por dia.

Kiwi

Apresenta actiniidina, que é uma enzima proteolítica que estimula os receptores do cólon, auxiliando na mobilidade dessa estrutura e facilitando portanto a laxação. A substância também provoca a hidrólise de proteínas, mecanismo que pode auxiliar no processo intestinal. Coma até dois kiwis por dia.

Abacaxi

A fruta tem  bromelinas, enzimas que têm como principal função contribuir com uma melhor digestão das proteínas da dieta, facilitando o melhor aproveitamento dos nutrientes, favorecendo a digestão pesada. Ideal comer pelo menos duas fatias por dia. O suco aumenta as propriedades diuréticas e antioxidantes do corpo.

Figo

A enzima ficina também ajuda a digerir as proteínas, fazendo com que o bolo alimentar fique menos tempo nos intestinos e seja eliminado com muito mais rapidez. Comer de um a dois figos por dia já ajuda a digestão.

Amora

Rica em antocianinas, compostos antioxidantes e bactericidas que podem auxiliar na constipação intestinal. Os taninos, tipo de polifenol, ajudam na regulação intestinal assim como nas doenças inflamatórias intestinais. A fibra presente na amora é a pectina, que tem a habilidade de absorver a água, fazendo que o trânsito intestinal fique melhor ainda. Uma xícara de chá de amoras por dia é uma boa quantidade.

Abacate

As gorduras do abacate são boas (monoinsaturadas) e auxiliam na lubrificação das fezes. Essa lubrificação impede o principal efeito da constipação e ajuda na hora de evacuar. Para quem não quer engordar, duas a três colheres de sopa por semana está de bom tamanho.

Comentários ofensivos, abusivos ou com spam, fará com que você seja banido de comentar!